Dieta, Regime, Perda de peso, como emagrecer, Saúde

Transtorno Alimentar | O que é transtorno alimentar?

É um termo utilizado para designar uma série de padrões de comportamentos alimentares que provocam prejuízo à saúde. As patologias são diversas e normalmente apresentam as primeiras manifestações ainda durante a infância ou a adolescência. É fundamental um diagnóstico precoce para evitar ao máximo danos á saúde mental e física.
A grande maioria dos afetados por transtornos alimentares são mulheres jovens, sendo que a condição pode também atingir homens, ainda que em menor número. Os mais comuns destes transtornos são a bulimia , a anorexia, a hipergafia, a ortorexia , a vigorexia e a síndrome de Prader-Willy.

Os transtornos alimentares quase sempre vêm associados a problemas emocionais. A família e os amigos influenciam muito neste sentido, entre outras coisas. Dentre os motivos que levam uma pessoa a desenvolver um transtorno podemos destacar, por exemplo, histórico na família, influencia da mídia, disfunções no metabolismo, personalidade, acesso a dietas e outros transtornos. 

As causas são diversas e bastante variadas, sendo que é preciso muita atenção para diagnosticar o problema em certas situações.

Abaixo trazemos quatro dos mais comuns transtornos alimentares em detalhes. A anorexia e a bulimia já foram debatidas em diferentes mídias e pais e amigos devem ficar atentos nos sinais que os doentes possam emitir. Já a hipergafia e a ortolexia são menos comentadas.



Anorexia e bulimia
Os anoréxicos perdem uma quantidade exagerada de massa. A perda de peso fica vinculada geralmente á dieta e à prática de exercícios físicos. Além disto, muitos utilizam outros métodos para perder as poucas calorias consumidas, como a indução ao vômito e o uso de laxantes e de diuréticos.
A bulimia é um pouco diferente da anorexia. Geralmente, os indivíduos com bulimia comem desenfreadamente e consomem uma quantidade de calorias enorme para depois surgirem os episódios de compensação do ganho calórico. Dentre os métodos utilizados para tanto podemos destacar a indução ao vômito, o jejum absoluto e a prática excessiva de exercícios físicos. É preciso ter atenção a estes comportamentos. Muitas vezes nem mesmo imaginamos mais amigos ou parentes podem estar sofrendo da condição. Diante de sinais não deixe de encaminhar estas pessoas a um profissional para que as devidas medidas sejam tomadas.



ASSUNTOS RELACIONADOS:




Hipergafia e ortorexia

Ambas são condições menos divulgadas na mídia e, portanto, menos comentadas. No entanto, são doenças reconhecidas pela OMS, ou Organização Mundial da Saúde, e necessitam de cuidado e de tratamento.

A hipergafia é decorrente de algum acontecimento traumático que acaba fazendo com que a pessoa desenvolva uma vontade excessiva de comer. Com isto há um rápido aumento de peso, resultando em obesidade e muitas vezes em baixa auto-estima.

Já a ortolexia é caracterizada como uma obsessão por alimentos saudáveis. A pessoa se torna obcecada em analisar a qualidade nutricional dos alimentos e não consegue mais comer nada que não tenha sido preparado por ela. Esta condição é mais frequente em países desenvolvidos.
Tanto uma quanto a outra são transtornos alimentares que necessitam de tratamento. Não deixe de buscar por ajuda caso se enquadre em alguma destas condições. A alimentação restrita ou exagerada pode resultar em sérios danos para a saúde.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Livros vendidos

Postagem em destaque

Detox | Veja as verdade sobre a dieta detox

Dieta detox, o que e detox, cardápio ideal e alimentos proibidos na dieta desintoxicante ? Mudar a alimentação traz benefícios para...

Arquivo do site